Centro de Fisiologia Vegetal e Biologia Celular

Compartilhe
Centro de Fisiologia Vegetal e Biologia Celular
A fisiologia está divida nas seguintes subáreas: Biomassa Vegetal, Estrutura e Metabolismo da Parede Celular e Fisiologia de Resposta ao Estresse. A pesquisa em biomassa vegetal estuda os processos de fixação e partição de carbono a fim de fundamentar a indução de mecanismos capazes de melhorar a eficiência fotossintética e arquitetura da planta para atender às necessidades industriais. Uma vez que a parede celular é o principal componente da biomassa, a pesquisa votada para estudar a Estrutura e o Metabolismo da Parece Celular aborda os mecanismos celulares de biossíntese e degradação de parede celular in vivo, a fim de aprimorar as características da parede planta para facilitar o acesso de hidrolases aos polissacarídeos. A Fisiologia da Resposta ao Estresse estuda as respostas das plantas às mudanças climáticas globais esperadas (CO2 elevado, temperaturas mais altas e a seca) com o objetivo de guiar abordagens genéticas e decisões estratégicas relacionadas à migração e expansão de culturas de interesse agro-enérgico. As informações serão abordadas em vários níveis: genético, bioquímico, fisiológico e ecofisiológico, de modo que, no futuro, será possível abordagem sistêmica (Systems Biology). Como é esperada uma expansão de cana-de-açúcar para a região Norte de Brasil, teme-se que isto imponha ameaças à biodiversidade, especialmente de biomas como o cerrado que já estão sendo ocupados com a cana-de-açúcar. Nós nos propomos produzir dados que provenham meios para produção de açúcares livres para produção de etanol de sementes de algumas das espécies nativas do cerrado e da Floresta Atlântica. Acreditamos que o desenvolvimento de tecnologias para produzir bioetanol de sementes de espécies nativas estimularia o uso (já incorporado em várias regiões do Brasil) de agro-ecosistemas (associações com colheitas de cana-de-açúcar e biomas nativos regenerados). Ao mesmo tempo, ajudaria proteger estes biomas de destruição total expansão de colheita devida.
Apoio