METAS

I - Melhorar a produtividade e a resistência aos estresses bióticos e abióticos em cana-de-açúcar;

II - Desenvolver as bases teóricas para obter a expressão de hidrolases e outras enzimas importantes na degradação da parede celulares in vivo e in vitro em diferentes sistemas biológicos e entender a ação destas enzimas em polissacarídeos de parede celular.

III - Caracterizar e produzir microrganismos com produtividade melhorada de enzimas com alto desempenho tanto para digerir polissacarídeos de parede celular quanto para fermentar açúcares como oligossacarídeos e pentoses.

IV - Transferir ativamente o conhecimento produzido no programa através de ações afirmativas de comunicação com outros INCTs, comunidade científica, indústria e sociedade, inclusive pela formação de especialistas, sejam eles graduandos em iniciação científica, cursos de pós-graduação e divulgação em revistas populares, jornais, livros, revistas e websites.

V - Prover informações que permitam dobrar a produção de bioetanol no Brasil em 10 anos.

Apoio